New York – Parte II

Pela manhã nada melhor do que uma volta no Battery Park, parque que fica na parte sul de Manhattan, perto do antigo World Trade Center e que possui excelentes vistas da Estátua da Liberdade, da Brooklyn Bridge e de New Jersey.

O Battery Park também possui um belo espaço para caminhadas e a estação do ferry para a Ellis Island também está lá localizada. Aproveitamos para conhecer o Winter Garden dentro do World Financial Center, que fica por perto do parque, na North Cove Marina.

Battery Park - vista da Estátua da Liberdade

Battery Park - vista da Brooklyn Bridge

Battery Park - vista da Estátua da Liberdade

Battery Park - vista da Ellis Island

Battery Park - vista de New Jersey

Winter Garden

Winter Garden

North Cove Marina com Winter Garden ao fundo

North Cove Marina

North Cove Marina

Depois de aproveitarmos o Battery Park, resolvemos conhecer a Brooklyn Bridge, atravessando-a a pé para apreciar a vista encantadora do bairro do Brooklyn, da Estátua da Liberdade e da Manhattan Bridge, dentre outras.

Pedestres na Brooklyn Bridge

Brooklyn Bridge - vista de New York

Brooklyn Bridge - vista de New York

Brooklyn Bridge

Brooklyn Bridge - vista do Pier 17

Brooklyn Bridge - vista da Manhattan Bridge

Brooklyn Bridge - vista do Empire State

Brooklyn Bridge - vista da Manhattan Bridge

Brooklyn Bridge - vista da Estátua da Liberdade

Brooklyn Bridge

Retornando à Manhattan, partimos para o Pier 17, onde se tem uma bela vista da Brooklyn Bridge e da Manhattan Bridge.

O Pier 17 já foi um famoso mercado de peixe, hoje é um shopping com vários restaurantes, barzinhos e feira ao ar livre no verão.

Placa indicativa do South Street Seaport (Pier 17)

Pier 17 - vista do Brooklyn

Pier 17 - vista de Manhattan

Pier 17 - vista do Brooklyn

Pier 17 - vista do Brooklyn

Pier 17 - vista da Brooklyn Bridge e da Manhattan Bridge

Pier 17 - vista da Brooklyn Bridge e da Manhattan Bridge

Pier 17 - vista da Brooklyn Bridge e da Manhattan Bridge

Pier 17 - vista panorâmica

Outro lugar emblemático que gostaríamos de conhecer era o Flatiron Building, prédio que ficou famoso nas telas de cinema, pois nos filmes do Homem Aranha ele é mostrado como sendo o edíficio onde se localiza o jornal The Daily Bugle onde Peter Parker trabalha como fotógrafo.

Para chegarmos lá, pegamos a linha N do metrô e saltamos na estação da Rua 23 exatamente onde o prédio está localizado.

O Flatiron Building (ou Fuller Building) foi um dos primeiros arranha-céus construídos em New York e tem a forma semelhante de um ferro de passar roupas, sendo que o seu nome vem justamente dessa semelhança. Foi inaugurado em 1902, e está localizado entre a 5ª Avenida, a Broadway e a 23rd Street. Possui 87 metros de altura e 22 andares. Quando inaugurado, foi um dos prédios mais altos do mundo. O bairro em torno do edifício foi chamado de Distrito Flatiron (Flatiron District) após a sua construção.

Se estiver com fome nessa hora, dê um pulo no Eataly, mercado temático italiano, localizado bem perto do Flatiron, para se deliciar em um dos seus restaurantes.

Flatiron Building

Para encerrar o dia, resolvemos partir para a região do Chelsea, para comer no restaurante Pastis e conhecer a famosa “High Line”.

O High Line é um parque urbano linear inaugurado em 2008, implantado sobre uma linha férrea elevada construída em 1930 e posteriormente desativada, no lado oeste de Manhattan.

É um dos espaços públicos mais celebrados e visitados na cidade nos últimos tempos e tem se tornado uma referência mundial pela qualidade do desenho urbano e pelo sucesso como estratégia de renovação de áreas centrais degradadas.

Rua do Chelsea, próxima a entrada do High Line

High Line

High Line

High Line

High Line

High Line - vista do Hudson River

No próximo post comentaremos as nossas visitas ao Grand Central Terminal, Chrysler Building, Roosevelt Island e Lincoln Center.

Comentários

Postagens mais visitadas