Belém - Mercado Ver-o-Peso


Viajando a trabalho a Belém consegui chegar um dia antes e saciar a minha vontade de conhecer um pouco da bela capital paraense, cuja atmosfera transpira mistérios e encantos da Amazônia, deslumbrando os visitantes pela sua história, sua cultura, seu povo, suas ruas cercadas por mangueiras e sua costumeira chuva de todas as tardes.

Assim como a maior parte das cidades do período colonial, geralmente localizadas próximas de rios e mares, Belém é banhada pela baía do Guajará, formada pelo encontro da foz do rio Guamá com a foz do rio Acará.

Para conhecer um pouco dos costumes e tradições da cidade, nada melhor do que iniciar esse passeio no Mercado Ver-o-Peso, um complexo comercial com 35 mil metros quadrados repletos de construções históricas, fundado no século XVII como um entreposto fiscal onde eram pesadas mercadorias (daí o seu nome). Em 1997, foi tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).



Calcula-se que 50 mil pessoas circulam por lá diariamente, totalizando ao final do mês cerca de 1,5 milhão de visitantes, sendo considerado a maior feira livre da América Latina e a maior atração turística da cidade.

O mercado é um prato cheio de novidades, cores, aromas e sabores para todos que curtem a gastronomia, abastecendo diariamente os moradores de Belém com frutas, farinhas, vegetais, peixes, camarões, temperos, artesanato, ervas, mandingas, etc.

Em seus restaurantes e barracas podemos apreciar o peixe frito com açaí, o tacacá, o pato no tucupi, entre outros pratos típicos da culinária amazônica.











O passeio por lá é realmente surpreendente. Onde você passa se depara com pessoas ouvindo histórias de curandeiras, pescadores, fruteiros e descascadores de castanhas. Tudo na maior naturalidade e harmonia!








Do mercado também é possível ter uma bela visão da Baía do Guajará.




No próximo post falaremos um pouco da Estação das Docas, um grande complexo turístico ideal para quem gosta de um happy hour com uma bela vista. Até lá!

Comentários

Postagens mais visitadas