Bistrô MAC



Nem todo mundo sabe que o espelho d’água de um dos ícones do saudoso mestre da arquitetura Oscar Niemeyer, o Museu de Arte Contemporânea de Niterói – MAC  – guarda um dos mais aconchegantes redutos da gastronomia contemporânea internacional da cidade de Niterói: o Bistrô Mac.
Estivemos lá outro dia e antes mesmo de descer as escadas, sempre ficamos meio sem palavras com a vista sensacional da Baía da Guanabara e da enseada da praia de Icaraí. Não dá pra resistir às fotos! Nosso álbum de fotografias sempre agradece.

 


Já dentro do restaurante, você tem a mesma vista, só que enquadrada pelo rasgo de fora à fora na parede, à esquerda de quem entra.


Esqueça a sofisticação exagerada de alguns restaurantes de culinária internacional. O Bistrô Mac tem decoração de bom gosto, mas sem afetação. Tem também a Cafeteria onde você encontra sanduíches, sucos, tortas, doces e... café. Aos domingos, de 9h às 11h, oferece um buffet de café da manhã. Ainda não provamos.
Nesse dia, começamos pelo couvert Bistrô Mac, que vem com pães, torradas e antepasto de berinjela. Mas, uma boa alternativa para quem não curte os pãezinhos de entrada é o bolinho de bacalhau, que comemos de uma outra vez que estivemos por lá.


Nossa última visita foi embalada pelo ótimo som de uma dupla que tocava clássicos do rock. E a boa notícia é que a casa não cobra couvert artístico. Você pode conferir a agenda musical no site do restaurante.
Bem, continuando, de prato principal eu pedi o Nhoque ao Molho Gorgonzola e Nozes, cujo segredo, seja ele qual for, o Bistrô detém, porque o prato estava delicioso e o nhoque derretia na boca.

Já falei por aqui que meu marido adora as carnes argentinas, né? Pois ele apostou no beef de chourizo,  que veio acompanhado do risoto de parmesão e açafrão e não se arrependeu nadinha.

Minha mãe pediu risoto de camarão com Shitake, que vem com invejáveis e “águanabocáveis” camarões VG. E o elogio foi inevitável. Segundo ela, estava muuuito saboroso.
A carta de vinhos passeia por quatro continentes e, além de brasileiros, tem rótulos do Chile, da Argentina e do Uruguai; da Alemanha, França, Itália, Espanha e Portugual, e ainda da África do Sul e da Austrália. Nós pedimos um espumante Casa Perini. Muito bom!
A sobremesa foi a tentação Crème Brulée. Muito saboroso, mas ainda não supera o do Olimpo.

O serviço simpático e eficiente completaram nosso programa, mas ainda não foi o “gran finale”!
Para quem acompanha nosso blog já deve ter percebido que meus posts sempre têm um  - e às vezes atém mais – “poréns”. Então, a única coisa que me incomodou, mas nem de longe tirou o brilho da noite foi o seguinte: fui eu ao toilete. Antes mesmo de eu terminar de me recompor ouvi uma voz masculina gritando lá de fora: “Tem gente?” Achei estranho, mas gritei: “Tem!!!!!” E quando eu penso que não, entra um homem no banheiro, funcionário do restaurante, para recolher o lixo... Quando observou que realmente tinha “gente”, pediu desculpas afobadamente e saiu correndo de lá! Ah, Bistrô Mac, faz o favor, né? Custa pedir uma funcionáriA para recolher o lixo do banheiro feminino, ou, pelo menos, para entrar e verificar se tem alguma alma feminina no banheiro... feminino???? Perderam pontos à toa. Mas, como disse logo ali em cima, nem de longe tirou o brilho da noite.
Não deixem de ir!






SERVIÇO:
Bistrô MAC, Museu de Arte Contemporânea de Niterói, mirante da Boa Viagem, s/n, subsolo
Terça a domingo, das 9h às 18h. Sextas e sábados funciona para jantar, até o último cliente. 
Shows sextas e sábados, a partir das 21h, sem couvert artístico. 
Informações e reservas: 2629-1416/ 2719-9690

Comentários

Postagens mais visitadas