Restaurante Seu Antônio do Bacalhau



Resolvemos visitar meus pais em Piratininga em um sábado de novembro e minha mulher sugeriu que fôssemos almoçar no Seu Antônio do Bacalhau, tradicional restaurante de comida portuguesa localizado no Cafubá, região oceânica de Niterói.
 

Como o restaurante sempre lota nos finais de semana, resolvemos partir cedo para lá. Chegamos às 11h15min e tivemos que esperar 15 minutos pois o restaurante só abre às 11h30min.

Quando chegamos já havia várias pessoas esperando a sua abertura, porém nada de anormal. O restaurante costuma encher mais tarde, pois é um dos principais programas da galera que sai das praias da região oceânica de Niterói.




Por conta disso tiveram uma idéia sensacional: abriram, do outro lado da rua, o “Bar da Fila”, local onde as pessoas que colocaram o seu nome na lista de espera podem ficar aguardando a sua vez tomando um chope e comendo os inigualáveis bolinhos de bacalhau.

Quando chegamos o bar da fila estava vazio, mas quando saímos já estava lotado!





A prova de que o restaurante é um sucesso é que um pequeno comércio sempre se forma na rua no horário de seu funcionamento. Até um estacionamento surgiu por lá!





Bem, quando finalmente entramos no restaurante pudemos notar pela primeira vez a beleza de seu salão pelo simples fato de muitas mesas ainda estarem vazias. Assim fotografamos com calma todo o ambiente simples e rústico, onde diversas fotos de Darcy Ribeiro e fragmentos de poesias de Fernando Pessoa decoram suas paredes.







De cara pedimos a já tradicional porção de bolinhos de bacalhau. Já deve ser a 30ª porção consumida por nós no restaurante. Para acompanhar, sempre pedimos uma Original gelada. Porém, como meu pai se recuperava de uma cirurgia no pé e não podia beber, resolvi pedir um chope e, os demais, refrigerantes e água.



Bem, como éramos quatro pessoas, resolvemos pedir dois pratos: um camarão no coco verde acompanhado de um arroz cremoso e batata palha para nós dois e um filé acompanhado com arroz branco, fritas, farofa e molho à campanha para os meus pais.

Quando os pratos chegaram, pudemos verificar que o nosso prato de camarões vinha literalmente em um coco recheado de camarões ao molho branco. Chegava a transbordar!



O prato estava delicioso e não sobrou quase nada para contar a história!



O filé também veio em uma boa quantidade com os seus acompanhamentos parecendo estar deliciosos. É claro que roubamos um pouquinho das fritas!




Mas o restaurante tem muitos outros pratos deliciosos que já experimentamos em outras oportunidades: risoto de camarão, picanha...

Da próxima vez já está combinado que iremos pedir um “arroz de tamboril”, prato que um primo meu sugeriu como sendo o mais gostoso que ele já experimentou no restaurante e cuja porção, segundo ele, alimenta quatro pessoas facilmente!

Finalmente, falando das sobremesas, a casa possui diversas opções de doces portugueses que podem ser visualizados em uma vitrine perto da saída.


Bem, a conta, como sempre, foi fechada ali na hora, no verso da comanda pelo garçom que, dessa vez não era o seu Carlos, que normalmente nos atende, mas que naquela ocasião estava acamado, e totalizou R$157,80, ou seja, R$39,45 para cada um!


A visita a esse ícone da comida portuguesa é mais do que recomendada por nós, seja no início dos serviços da casa ou no final da tarde depois do seu passeio pelas praias da região oceânica.

Serviço:
Endereço - Rua Doutor Heleno de Gregório, 312 - Cafubá, Niterói - RJ
Horário – terças, quartas, sábados e domingos de 11h30min às 20h; quintas e sextas de 11h30min às 22h.

Comentários

Postagens mais visitadas