Portugal – Porto

A cidade do Porto com certeza foi um dos pontos altos de nossa viagem por Portugal. A cidade é linda, aconchegante e repleta de história e atrativos.

Nos hospedamos no Design Oporto Flats, que na verdade é um prédio antigo que foi reformado abrigando alguns estúdios, bem como apartamentos de 1 e 2 quartos.
Ficamos em um estúdio, super moderno e bem decorado. É uma quitinete e a gente dormia na sala num sofá-cama bem confortável. Tudo muito bem montado para um apartamento pequeno como aquele. O prédio tem estacionamento e se a reserva for efetuada no próprio site deles, ele sai de graça!
Próximo ao prédio existem dois supermercados – Mini Preço e Pingo Doce que servem para as compras do café da manhã.


Atrações no Porto

Rua de Santa Catarina
A rua é famosa por concentrar as melhores lojas da cidade. Lá está o famoso Majestic Café e a Capela das Almas, do século XVIII.


Mercado do Bolhão
Local bem característico da cidade, tipo o Mercadão de São Paulo, só que bem mais simples. Lá se encontram aqueles produtos fresquinhos que podem servir para a elaboração de seu almoço no apartamento, se for o caso.


Avenida dos Aliados
Nessa região estão localizados a Igreja da Trindade, o Passos do Conselho e a Praça da Liberdade onde tem destaque uma estátua de D. Pedro I, que lá em Portugal era D. Pedro IV.




Região dos Clérigos
Nessa região encontram-se a Igreja e Torre dos Clérigos, esta última com 75 metros de altura e 6 andares.
Subir até o alto da torre, construída no século XVIII, custava €3 por pessoa, mas vá preparado, pois o local não tem elevador e não há controle de subida nem descida, ou seja, todos vão se apertando no meio da estreita escada. Ninguém espera o outro descer para depois subir, uma confusão geral. Do alto da torre temos uma bela visão da cidade do Porto, do rio Douro e de Vila Nova de Gaia.



Livraria Lello
A região dos Clérigos abriga a famosa Livraria Lello, local onde a escritora J. K. Rowling se inspirou para a realização de seu grande sucesso – Harry Potter. O ingresso para entrar é €5 por pessoa, porém, caso você adquira algum livro, esse valor será deduzido do total da compra.


Universidade do Porto
Nessa região encontra-se, além da própria Universidade, a Igreja do Carmo, a Igreja das Carmelitas e o ponto final de uma das linhas do famoso bonde do Porto – o elétrico 22 ou Linha da Baixa que percorre os principais pontos do centro da cidade do Porto, num percurso circular entre o Carmo e a Batalha/Guindais. Custa €5 por pessoa dar uma voltinha.




Estação de São Bento
A estação de São Bento é uma das mais belas construções da cidade do Porto, sendo uma obra do arquiteto Marques da Silva. A sua fachada é belíssima e seu interior é revestido por diversos painéis de azulejos. A estação ferroviária (ou de comboios) serve até de locação para fotos de noivos.
Também vale a pena conhece-la à noite, juntamente com o Igreja de Santo António dos Congregados, que fica bem ao lado da estação.



Praça da Batalha
A Praça da Batalha é outro local interessante para se conhecer. Podemos ficar horas por lá vendo o “bonde passar”, ou conhecendo alguns locais interessantes, como a Igreja de Santo Ildefonso, o Teatro Nacional São João e a estátua de D. Pedro V, de 1866, situada no centro da praça.


Rua das Flores
Outro passeio bem agradável é caminhar pela Rua das Flores, aberta no século XVI e repleta de lojas bem interessantes.


Palácio da Bolsa
O Palácio da Bolsa é a sede da Associação Comercial do Porto, possuindo uma imponente fachada em estilo neoclássico. Existem visitas pagas ao local, onde cada sala apresenta diferentes características, em especial o Salão Árabe e o Pátio das Nações.


A Catedral da Sé é um dos monumentos mais relevantes da cidade. A construção é imponente e pode ser visualizada de diversas partes da cidade e de Vila Nova do Gaia. O seu espaço externo, conhecido como Terreiro da Sé, é um dos locais mais visitados do Porto, pois de lá temos uma bela vista da cidade.





Funicular dos Guindais
O Funicular dos Guindais, construído em 1891, proporciona uma excelente oportunidade de fazer um belo passeio entre as partes alta (estação Batalha) e baixa do Porto (estação Ribeira) em apenas dois minutos, com o privilégio de desfrutar a vista do rio Douro e da Ponte Luiz I.


Palácio de Cristal
O Palácio de Cristal na verdade é um local de lazer, concebido no século XIX pelo paisagista alemão Émile David, onde podemos admirar belos jardins que oferecem uma fantástica vista do Douro e de sua Foz.


Casa da Música
É um local dedicado aos eventos musicais da cidade, destacando-se pela sua forma de diamante. Foi projetada pelo arquiteto Rem Koolhaas, para integrar o evento Porto – Capital Europeia da Cultura em 2001.


Estádio do Dragão
O Estádio do Dragão é o estádio do Futebol Clube do Porto, inaugurado em 2003. Existem visitas guiadas ao estádio em 4 horários: 11h; 12h; 15h e 16h. Para chegar lá o ideal é ir de metrô. Pegamos o metrô na estação Bolhão e descemos na estação Estádio do Dragão. As linhas A, B, E e F passam por aquela estação.



Ribeira
A Ribeira é um dos locais mais antigos e atrativos do Porto, com uma vista incrível do rio Douro. Lá estão localizados diversos bares e restaurantes, alguns com uma privilegiada vista.



Pontes
A cidade do Porto também é conhecida pelas 6 pontes que atravessam o rio Douro e a ligam à Vila Nova de Gaia. São elas: D. Maria Pia, D. Luis I, Arrábida, São João, Freixo e Infante.






Comer uma “francesinha”
A francesinha é um típico prato da cidade do Porto e ir até lá e não experimentar é como ir à Lisboa e não comer o pastel de Belém.
Trata-se de um tipo de sanduíche, com recheio de linguiça, salsicha, mortadela, presunto ou carne e coberto com queijo derretido e um molho à base de tomate, cerveja e pimenta e, em alguns casos, um ovo.
Experimentamos comer no “Lado B” que exibe em sua fachada o título de “a melhor francesinha do mundo”. Muito boa mesmo! De quebra ainda fomos brindados pelo dono com uma tulipa da Super Bock.


Restaurante e Pizzaria Casa D’Oro
A Casa D’Oro é um restaurante italiano localizado na beira do rio Douro e tem uma localização privilegiada, próximo à ponte da Arrábida. O atendimento foi muito bom e a pizza estava boa. Pedimos bruschetta de entrada que também estava ótima e tomamos um fino, que é como eles chamam o chope. Mas, o melhor é a vista que temos das mesas localizadas na varanda.




Foz do Douro
Uma outra parada obrigatória é na região da Foz do Douro, onde o Rio Douro se encontra com o mar. Uma caminhada até lá é bem legal – existe um calçadão que vai beirando o Douro.
O restaurante “La Brasserie De L`entrecôte” é uma boa opção para dar uma paradinha. A comida é simples, mas saborosa.
Chegando até a Foz do Douro, admire a Fortaleza de São João da Foz e o Farol de Felgueiras e fique até o pôr do sol, pois é sensacional.




Ir a Vila Nova do Gaia atravessando a Ponte Luis I
Você pode escolher ir pela parte alta ou pela parte baixa da ponte. Nós escolhemos as duas opções. O visual é incrível!


Conhecer as vizinhas Vila Nova de Gaia e Matosinhos também é um programa imperdível, mas isso será assunto para o nosso próximo post. Até lá!



Comentários

Postagens mais visitadas