Orlando – EPCOT

O EPCOT - Experimental Prototype Community of Tomorrow (Protótipo Experimental Comunidade do Amanhã) foi o segundo parque a ser construído no complexo da Disney World, sendo inaugurado em 1º de outubro de 1982.


O EPCOT é dividido em duas partes:

  • Future World – dedicado às inovações tecnológicas e ao mundo moderno;
  • World Showcase – concentra espaços dedicados à cultura de alguns países.


O Future World é acessado logo quando entramos no parque, sendo dividido em “Future World Leste” e “Future World Oeste”.

Logo de cara encontramos a mais emblemática atração da parte leste e do parque como um todo: a “Spaceship Earth” com sua gigantesca esfera que se assemelha a uma bola de golfe que se confunde com o próprio EPCOT.



A atração encontrada lá consiste em um passeio em um carrinho, onde os visitantes testemunham as grandes descobertas no campo das comunicações que foram vitais para a sobrevivência humana. É uma das atrações mais legais do parque!

Logo no inicio do passeio os visitantes são convidados a escolher o seu idioma, cadastrar o seu país e responder algumas preferências relacionadas ao seu estilo de vida. E prepare-se para sair bem na foto que é tirada logo no início!

Ao final do passeio, um vídeo, baseado naquelas informações preenchidas lá no início, e onde você e o seu companheiro (a) de carrinho serão as atrações principais, aparece na tela a sua frente.


À noite vale a pena voltar lá para apreciar a iluminação da bola que fica muito bonita.


Bem ao lado da Spaceship Earth encontra-se o “Universe of Energy”, local onde podemos assistir ao “Ellen’s Energy Adventure”, show comandado por Ellen DeGeneres onde podemos voltar à era dos dinossauros.

Um pouco mais a frente, encontra-se o “Mission: SPACE”, para muitos a atração mais intensa do parque, onde os visitantes entram em uma nave que simula uma ida ao espaço rumo a Marte.

Para isso, os visitantes têm a opção de escolher o time laranja para aqueles que preferem curtir a atração original e o time verde, para os que preferem uma jornada menos intensa e sem o movimento giratório.

Na primeira vez que fui no time laranja nada senti, mas confesso que na segunda senti um pequeno desconforto. Para essa atração vale a pena adquirir um Fast Pass!

No mesmo pavilhão encontra-se o “Advanced Training Lab”, onde podemos experimentar um jogo de competição e brincar em uma área de playground interativa.

A próxima atração  avistada é o “Test Track”, onde o visitante pode personalizar o seu carro em um estúdio de design e depois embarcar em um teste com vários desafios, envolvendo calor, frio, frenagem brusca e curvas em alta velocidade. Recomendamos a retirada de um fast pass nessa atração!


Na saída da atração, os visitantes podem tirar várias fotos de alguns dos mais belos carros do mundo.



A última atração da parte leste é o “Innoventions”, que possui uma segunda parte já na parte oeste do Future World.

A atração mais badalada por lá é o “The Sun of All Thrills”, onde montamos a nossa própria montanha-russa e depois entramos em um simulador para experimentar como ela ficou! Muito legal!


Já na parte oeste encontramos o “Character Spot”, local onde o Mickey, a Minnie, o Pateta e o Pluto costumam estar para que os visitantes possam tirar aquelas tradicionais fotos.



Na saída encontramos o Tico e o Teco tirando fotos com os visitantes e não perdemos a oportunidade!


O próximo pavilhão é o “The Seas with Nemo & Friends” que contém duas atrações: a primeira que leva o nome do pavilhão e uma outra denominada “Turtle  Talk   with   Crush“, ambas inspiradas no filme “Procurando Nemo” e próprias para as crianças pequenas.

Bem ao lado encontramos o pavilhão denominado “The Land”, local destinado a mostrar a importância dos alimentos em nossa vida.



Lá está localizada a atração mais concorrida do EPCOT e, com certeza, a que mais gostamos: o Soarin’, onde os visitantes podem ter a experiência de voar de asa delta sobre diversos pontos turísticos do estado da Califórnia, como Yosemite National Park, ponte Golden Gate, Napa Valley, Monterey, Lake Tahoe, San Diego, Los Angeles, finalizando o passeio na Disneyland em Anaheim.

Nessa atração o uso do Fast Pass também é recomendado!


Também na “The Land” recomendamos a atração denominada “Living with the Land” que consiste em um passeio de barco onde o visitante tem a oportunidade de conhecer as estufas do parque e os criadouros de peixes.


Outra atração que se encontra do mesmo pavilhão é o filme “The Circle of Life” que mostra personagens do filme “O Rei Leão”.

O último pavilhão do Future World chama-se “Imagination!” e contém 3 atrações: “Journey Into Imagination With Figment”, “Capitain EO” e “ImageWorks”.

É lógico que o visitante que gosta de umas comprinhas também encontra uma grande loja que vende diversos produtos da Disney.


Passando para a segunda parte do EPCOT - World Showcase, parece que estamos entrando em um outro parque, onde diversos espaços destinados à algumas nações que se encontram ao redor de um lago, apresentam aos visitantes aspectos relacionados à cultura e aos costumes dos seguintes países:

  • Alemanha
  • Canadá
  • China
  •  Estados Unidos
  • França
  • Itália
  • Japão
  • Marrocos
  • México
  • Noruega
  • Reino Unido

O primeiro “país” por nós visitado foi o Canadá que conta com uma atração bem interessante: o filme “O Canadá!” com duração de 14 minutos apresentado em um espaço de 360º pelo ator canadense Martin Short. Muito legal! Sempre assistimos quando vamos ao EPCOT!


No Canadá encontra-se o restaurante mais badalado e mais caro do parque: o Le Celier Steakhouse, que fica dentro da réplica do Chateau Laurier de Ottawa.


Também existem vários monumentos comuns na costa oeste do Canadá como os “Totem Poles”.


Como o restaurante está quase sempre lotado, resolvemos fazer uma reserva pela internet com bastante antecedência, pois éramos um grupo grande de 6 pessoas.


Para começar os trabalhos, pedimos a já tradicional Molson gelada e uma porção das famosas “poutine fries” canadenses. Outro fato interessante era o cardápio iluminado do restaurante.


Pedimos 3 “rib eye” e 3 “filet mignon” que estavam bons, mas juro que esperávamos mais em virtude da fama do lugar e do valor final da conta: 388 dólares!


Ainda na área do Canadá vale a pena conferir o show da banda “Off Kilter” e entrar na loja que vende produtos tradicionais do Canadá.

Ao lado do Canadá está o Reino Unido onde o visitante pode admirar os prédios em estilo victoriano e que conta com dois espaços reservados para refeições: o restaurante “Rose & Crown Pub & Dining Room” e o quiosque “Yorkshire County Fish Shop”, cuja especialidade é o famoso “fish & chips”.


Para quem gosta do bom rock britânico, vale a pena assistir ao show da banda “The Britsh Revolution” com um repertório repleto de clássicos dos Beatles e do The Who.

Na região do Reino Unido não poderiam faltar as famosas cabines telefônicas inglesas.


O próximo país é a França que conta com algumas boas lojas e uma réplica da torre Eiffel.



Ainda na França o visitante pode assistir ao filme “Impressions de France” com duração de 20 minutos.

Logo ao lado encontra-se o Marrocos que conta com algumas lojas bem legais, inclusive CD’s com as belas músicas que tocavam nos ambientes.


O próximo país é o Japão que conta com uma das mais concorridas lojas do EPCOT e 4 restaurantes para os amantes da culinária oriental.




Saindo do Japão encontramos o país anfitrião, os Estados Unidos, bem no meio do World Showcase.

Lá o visitante encontra a atração “The American Adventure”, show com 30 minutos de duração que conta a história dos Estados Unidos e seu povo.

Lá encontramos um bom lugar para comer, pois sempre tem mesas vagas, mesmo nos períodos mais cheios: o “Liberty Inn”.



Bem ao lado está a Itália com seus restaurantes típicos e réplicas de pontos turísticos famosos. Lá também podemos encontrar as famosas máscaras venezianas.


Para quem gosta de uma boa cerveja, a Alemanha é o lugar onde se pode apreciar a famosa “loira” sem problemas.


Um trenzinho e uma cidade em miniatura no meio do jardim também chamam a atenção dos visitantes, bem como uma réplica da torre da Rapunzel do filme “Tangled”.



Dessa região podemos tirar algumas boas fotos da bola de golfe do Future World.


A China é um dos pontos mais interessantes dessa área. Lá encontramos réplicas de tradicionais construções  chinesas.


Lá existe uma atração legal chamada “Reflections of China”, um filme em 360º de 14 minutos de duração onde podemos admirar as belezas daquele país oriental.


Enquanto o visitante espera o começo do filme, pode circular pela área e admirar a réplica do exército de terracota.


Para quem gosta de porcelana chinesa e dos artigos originários do país, existe uma enorme loja de variedades com produtos bem originais.


A Noruega possui uma atração que é bem disputada: o “Maelstrom”, que é um passeio de barco seguido por um filme de 5 minutos. A arquitetura também chama a atenção.


Finalmente chegamos ao último país, o México, onde praticamente todas as atrações estão localizadas dentro de uma pirâmide.




Quando entramos na pirâmide temos a real dimensão da grandiosidade do espaço, com várias lojas e restaurantes à disposição dos visitantes.


A maior atração do México é o “The Gran Fiesta Tour Starring the Three Caballeros”, que consiste em um passeio de barco em uma lagoa dentro da pirâmide, onde os visitantes são ciceroneados pelos 3 cavalheiros: Pato Donald, Zé Carioca (!) e Panchito.



Um outro ponto alto da área é o restaurante La Cantina que proporciona aos visitantes uma bela vista de toda a área do World Showcase.


Mas o melhor do World Showcase acontece à noite, mais precisamente às 21h. É o show de fogos chamado “IllumiNations” que encanta os visitantes todas as noites.





Uma última dica para quem quer ir ao EPCOT é apreciar o festival “Flower & Garden” que ocorre todos os anos no mês de março e deixa o parque ainda mais bonito. Nós conhecemos o festival em 2011 e tiramos muitas fotos legais!





No próximo post continuaremos a falar dos parques da Disney. Até lá!

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas