Rio Grande do Sul - Gramado

Quase todos os nossos amigos nos perguntam o porquê de ainda não termos feito um post sobre Gramado já que visitamos a charmosa cidade da Serra Gaúcha 4 vezes nos últimos 5 anos.
Pois bem, finalmente nos rendemos aos pedidos e começaremos a falar um pouco da cidade e das 3 vezes que a visitamos durante o Natal Luz.


Gramado tem duas entradas principais para quem sai de Porto Alegre: uma pela “Rota Romântica” passando por Nova Petrópolis e a outra pela BR-116, via Taquara.
Recomendamos ir pela primeira opção e efetuar uma pequena parada na cidade de Nova Petrópolis.
Nós tiramos umas fotos no portal de entrada da cidade e fomos conhecer o “labirinto verde”, localizado na Praça das Flores (Praça da República).



Chegando em Gramado a primeira sensação é a de que estamos respirando um verdadeiro ar puro. Vale a pena dar uma paradinha no portal de acesso à cidade, tirar umas fotos e respirar fundo, como fizemos na viagem de 2010:

Mas, fora o Natal Luz, que comentaremos em um próximo post, o que a cidade tem para oferecer aos visitantes? Muito meu amigo, muito mesmo...
A primeira providência é escolher o hotel. Como sempre alugamos carro, nos hospedamos nas três vezes no Hotel Canto Verde, estrategicamente localizado na estrada que liga Gramado a Canela. Hotel confortável, boas instalações e um excelente café da manhã.
Mas opções de hotel não faltam na cidade, com valores de diárias para todos os bolsos. Frequentemente fazemos nossas reservas pelo Booking.com, mas no caso do Canto Verde, sempre resolvemos tudo diretamente com o hotel.






A primeira atividade ao chegar a cidade é ir perambular pela Avenida Borges de Medeiros, repleta de lojas, restaurantes, fábricas de chocolate e muito mais.




Lá está localizada a Igreja Matriz São Pedro, bonita construção de pedra que é um dos pontos mais bonitos da cidade.

O Palácio dos Festivais, onde ocorre o famoso Festival de Cinema de Gramado também fica localizado na Av. Borges de Medeiros.

Na mesma avenida encontram-se diversas lojas de chocolates de Gramado: Planalto, Prawer, Caracol, Lugano e Florybal. Os chocólatras vão à loucura!


Mas, ao longo da Avenida das Hortências, a estrada que liga Gramado a Canela, também encontramos grandes lojas dessas fábricas, como a da Florybal e a da Lugano.






Aliás, a fábrica da Lugano está localizada em uma rua paralela à Avenida das Hortências – a Rua São Marcos.

Ainda nos limites da cidade encontra-se o Reino do Chocolate, um espaço idealizado pela Chocolates Caracol, totalmente voltado para a história do chocolate.

Mas não é só de chocolate que Gramado vive. A cidade também oferece produtos de couro, móveis e cristais.
Um pouco mais afastado do Centro encontra-se o Lago Negro, um lindo lago que tem as margens decoradas com árvores importadas da Floresta Negra da Alemanha.






Passear no Lago Negro é um programa imperdível! Podemos andar de pedalinho, dar uma simples volta ao seu redor, seja caminhando ou pagando uns trocados para ir de carrinho de golfe. É onde muitos dos locais fazem seus exercícios físicos durante o dia.






No ano passado notamos que existe mais um meio de passear nas águas do Lago Negro – em uma caravela!!!


Para quem quiser tomar um cafezinho ou fazer um pequeno lanche, pode ir até o Parador Lago Negro, localizado bem na entrada do lago.


Perto do Lago Negro está localizado o Mini Mundo, que reúne réplicas de diversas atrações turísticas mundiais em uma escala de 1:24, todas ambientadas ao ar livre, resultando em uma pequena cidade em movimento com cerca de 2500 mini-habitantes.
O ingresso custa R$20,00 e o horário de funcionamento é das 9h15min às 17h. Crianças entre 2 e 12 anos pagam R$12,00 e o pessoal da melhor idade, R$10,00.









Outra dica interessante é ir conhecer a fábrica da cervejaria local – a Rasen. No preço do ingresso estão incluídos a degustação de um chopp e uma visita às instalações da cervejaria.





Quem não quiser visitar a fábrica pode ficar no bar deliciando-se com os quatro tipos lá fabricados: Pilsen, Ambar Ale, Weizen e Dunkel e também adquirir alguns produtos relacionados à marca em sua lojinha.




Para comer a cidade oferece excelentes opções de restaurantes. Indicamos o uruguaio El Fuego, os italianos Il Piacere e Cantina Pastasciutta e o eclético La Gruyère.


Se você quiser algo diferente que tal ir até o Galeto Mamma Mia e experimentar um rodízio de galetos e massas?

Outro local onde existe um bom restaurante é na famosa “Rua Coberta” – o Bistrô Brillat.
Comer não é exatamente barato em Gramado. Por isso, almoçávamos nos ótimos Vale Quanto Pesa, na rua São Pedro nº 411 e também no Ratatouille que fica em uma Galeria na Praça Major Nicoletti, nº 55, na Borges de Medeiros. Os dois servem ótimas refeições por peso a um ótimo preço. À noite, sim, aproveitávamos para gastar um pouco mais nas refeições.
Para um lanche caprichado recomendamos uma ida até o Croasonho, localizado na Avenida Borges de Medeiros, nº 2759. Lá a especialidade é o sanduíche feito com croissant com uma enorme variedade de recheios salgados e doces.



Para um bom cafezinho a dica é ir até o Café com Leite, localizado na Rua Garibaldi nº 580 ou o Atelier do Café, que fica na Praça Major Nicoletti
Para os fãs de uma boa pizza o point é ir até o Cara de Mau, uma pizzaria bem legal toda decorada com fotos de piratas. Chapéus de piratas são oferecidos para os clientes que desejarem tirar umas fotos.


Existe uma outra pizzaria que também gostamos muito. Ela é mais simples e mais barata que a Cara de Mau – se chama Mangia Metro, oferece pizzas à metro e está localizada na Rua Madre Verônica 328, uma continuação da Rua Coberta. Essa foi uma das muitas dicas certeiras dos nossos queridos amigos gaúchos Carla e Paulo que, sempre que estão na cidade, atenciosamente nos acompanham, para matar a saudade e colocar o papo em dia.

Todos sabem que jamais critiquei um restaurante aqui no blog e iria abrir uma exceção para falar um pouco da nossa péssima experiência com o restaurante português Portugália, que quase nos rendeu ficar toda a família sem nossa ceia de Natal, mas acabei de verificar no seu site que eles encerraram as suas atividades... Então, deixa para lá!
É claro que Gramado ainda tem muitas outras atrações como as relacionadas ao Natal Luz e também as que se encontram fora dos limites da cidade, mas isso será tema de outros posts. Até lá!  

Comentários

Postagens mais visitadas