Barcelona – Parte II

Nosso segundo dia em Barcelona começou com uma visita à Sagrada Família que fica a uns 10 minutos a pé do apartamento onde estávamos hospedados.

Como já havíamos adquirido o ingresso antecipadamente ainda no Brasil, não precisamos enfrentar a enorme fila.
A igreja é muito bonita e digamos, diferente. Rende belas fotos!








Também pela internet adquirimos o ingresso para visitar uma das duas torres visitáveis da Igreja – a Naixement (Nascimento). A gente sobe de elevador e desce de escada, mas não sabíamos desse detalhe da descida...
Lá de cima temos uma bela vista da cidade, bem como de alguns ângulos diferentes da própria Igreja.








Em seguida caminhamos pela Avenida de Gaudí, que é uma rua de pedestres que começa bem em frente à Sagrada Família.




A Avenida de Gaudí termina no hospital dela Santa Creu i Sant Pau, que tem uma arquitetura muito bonita e aceita visita em seu interior. Infelizmente não fizemos a visita.



Depois fomos de metrô para o Passeig de Gracia (estação Diagonal) que é uma rua muito movimentada e famosa em Barcelona e onde estão localizadas as melhores lojas da Espanha e do mundo, como a Louis Vuitton, a Chanel, a Zara, entre várias outras e é onde estão também duas famosas construções assinadas por Gaudí: La Pedrera e a Casa Batló.







Seguimos em direção à Praça Catalúnia, para em seguida caminhar pela La Rambla, outra rua de pedestres muito famosa. Estava lotada de turistas!
O nosso destino era o restaurante La Fonda, indicação de nossa anfitriã, localizado no Bairro Gótico. Pedimos uma truta e estava bem gostosa. O atendimento, entretanto, não achamos muito bom.


Após o almoço, passeamos um pouco pelo bairro gótico, entrando em várias pequenas ruas bem bonitas.



De lá nós fomos para Barceloneta que é uma das praias de Barcelona. Passeamos um pouco e tiramos algumas fotos. Deviam ser umas 2h da tarde, o sol estava escaldante e estávamos muito cansados da viagem. Ainda não tínhamos descansado o suficiente e resolvemos voltar para o apartamento para descansar, mas não sem antes passar em um supermercado e comprar água e uma Cava super em conta.





À noite, pegamos o ônibus nº 45 e, após 20 minutos de viagem, descemos próximo à casa de shows Palau de La Música, que conta com uma arquitetura bem bonita.



Saímos de lá e fomos caminhando até o Taller de Tapas, um restaurante muito legal, localizado na rua Argenteria no bairro de Born. Comida e atendimento excelentes.


De lá rumamos até a estação de metrô Jaume I (linha 4), onde pegamos a última composição do dia e após 5 estações descemos na Joanic de onde caminhamos até o apartamento.
No próximo post comentaremos como foi o nosso terceiro e último dia em Barcelona. Até lá!

Comentários

Postagens mais visitadas