Califórnia – Napa Valley

Saímos do Yosemite National Park e rumamos em direção à cidade de Napa, a maior da região do Napa Valley, famosa por abrigar diversas vinícolas renomadas.







Para quem vai de Yosemite para Napa é necessário pegar uma das estradas mais sinuosas do Califórnia - a CA-120 e suas famosas curvas à beira do abismo. Confiram no vídeo abaixo um pouco da nossa aventura nessa estrada.


video

Após umas 4 horas de viagem finalmente chegamos à Napa, onde ficaríamos por apenas uma noite no hotel Elm House Inn da rede Best Western.




O hotel é bem aconchegante, com um quarto limpo, amplo e confortável.  Estavam pintando o andar onde ficaríamos hospedados. O senhor responsável disse que foram sequelas do terremoto de 6 graus de magnitude que abateu a cidade poucas semanas antes, no dia 24 de agosto de 2014, quando ainda estávamos no Brasil, deixando cerca de 89 pessoas feridas, 3 delas em estado grave, segundo as notícias.





O hotel tem em sua vizinhança um outlet da rede Premium. Minha doce esposa me pediu encarecidamente para irmos até lá e eu cedi prontamente. Lá também havia estragos causados pelo terremoto de agosto. Algumas lojas, inclusive, afixaram cartazes informando os clientes.





Como a fome era grande, decidimos ir até ao restaurante Celadon, comandado pelo Chef mexicano Marcos Uribe, indicação do meu primo, o Chef Filipe Costa.





O restaurante é muito bonito e a comida é excelente e barata. Comemos um nhoque com frango e um hambúrguer aberto com molho Blue Cheese. Valeu a dica Filipe! 







O Celadon fica no Historic Napa Mill, um antigo depósito de mercadorias restaurado, à beira do rio, com vários restaurantes charmosos e lojas.







Mas ainda precisávamos conhecer uma das famosas vinícolas do Napa Valley. As principais estão localizadas em Yountville, Rutherford e St. Helena, a maioria ao longo da St. Helena Highway, a CA-29, como a Robert Mondavi, Beaulieu, Chandon e Opus One





Escolhemos a Mumm, a vinícola do famoso espumante americano, localizada fora da St. Helena Highway, na Silverado Trail nº 8445.




Fizemos a degustação de dois tipos de espumantes: o 2007 DVX e o 2006 DVX. Para acompanhar, biscoitos oferecidos pela vinícola.







A Mumm possui uma área muito bonita e tem um atendimento atencioso. Possui, ainda, uma lojinha que vende produtos e acessórios para bebidas, além das bebidas, claro.











No local ainda está localizada uma galeria onde existe uma exposição permanente de fotografias.

Na volta para Napa ainda passeamos pela pacata, linda e charmosa cidade de Santa Helena.

De noite jantamos no Cole’s Chop House, uma “Steak House” bem legal no centro de Napa, cujo dono é o mesmo do Celadon. Comemos uma salada e uma carne. Mais uma vez pudemos ver os estragos do terremoto pelo centro da cidade.

Um outro local bastante tradicional na cidade de Napa é o Oxbow Public Market, um mercado local onde se encontram vários restaurantes legais. Não tivemos tempo de ir até lá. Quem sabe na próxima?

O mapa a seguir mostra a localização das principais atrações citadas neste post:




Uma última dica: não façam como nós que ficamos apenas uma única noite em Napa. As cidades de Napa e Santa Helena são muito legais e merecem umas duas ou três noites de estadia!

Nos próximos posts comentaremos como foi a nossa passagem pela linda cidade de San Francisco. Até lá!


Comentários

Postagens mais visitadas