San Francisco – Muito mais a fazer

San Francisco é o paraíso para quem gosta de cidades organizadas, mas sem frescuras, onde tudo funciona perfeitamente conforme comentamos no post anterior. 



Um dos passeios imperdíveis é ir até a Lombard Street e conhecer a sua famosa parte sinuosa que já foi cenário de diversos filmes.
Fomos uma vez de bonde e depois voltamos para descê-la dirigindo o nosso carro alugado. O local vive constantemente lotado. Precisa ter policiais para controlar o fluxo dos carros e das pessoas. Muito legal!













Outro local com uma enorme concentração de gente é a Ghirardelli Square, que tem esse nome em virtude da tradicional fábrica de chocolates Ghirardelli. Lá existem lojas, restaurantes e 3 lojas dos chocolates e sorvetes Ghirardelli. Lá também está localizada a fábrica desses famosos chocolates.









Vários eventos ocorreram no final de semana em que estivemos por lá: natação no mar, vela e festival do chocolate que acontecia ali em frente.





O local também nos proporciona excelentes vistas da baía de San Francisco, da Golden Gate e da ilha de Alcatraz.





Outra vantagem da Ghirardelli Square é que o início da linha Powell-Hyde dos bondes fica bem perto dali.





Para quem aprecia uma boa comida, indicamos o Mc Cormick & Kuletos, excelente restaurante localizado ali mesmo na Ghirardelli Square. A vista de lá é bem bacana!





Outro destaque da linda cidade californiana é conhecer suas tradicionais ladeiras, seja a pé, de carro ou de bonde. É bem interessante e o visual lá de cima é o máximo!







No centro da cidade, mais precisamente na região da Union Square, estão localizadas as lojas mais famosas como Macy’s, Bloomingdale’s, Gap, Uniq Lo, Louis Vuitton, Goyard, etc. 





O local também abriga a estação de bonde Powel/Union Square, ficando sempre repleto de gente.





Uma boa opção para o almoço é ir até o oitavo andar da Macy’s e comer na Cheesecake Factory.


Outra atração bastante conhecida de San Francisco é a Alamo Square, onde estão localizadas as famosas Painted Ladies, que são seis casas construídas no estilo Vitoriano, cada uma pintada de uma cor em tom pastel.





O local mais turístico da cidade (se é que podemos definir um só) é a região do Fisherman’s Wharf, que concentra vários bares e restaurantes e de onde partem vários passeios de barco, como os que vão até a ilha de Alcatraz e os que levam os visitantes pela baía de San Francisco para apreciar o pôr do sol na região. Esses dois passeios serão tema de nossos próximos posts. O píer mais famoso de Fisherman’s Wharf é o Píer 39.












Ali está localizada a padaria Boudin onde resolvemos experimentar o seu tradicional e indicado Clam Chowder no pão sourdough. Sinceramente não achei nada demais, mas o lugar fica lotado!


Bem próximo ao Fisherman’s Wharf, fica o Ferry Building onde tem o Market Place, um lugar bem legal, todo arrumadinho com uns cafés, umas poucas lojas e sorveteria, de onde saem os ferries que ligam San Francisco a Oakland e outras cidades do outro lado da baía.







No Fisherman’s Wharf fica o ponto de partida da linha de ônibus 39 que tem ponto final na Telegraph Hill, onde fica a Coit Tower. 



A entrada custa US$8 e dá direito a subir os 12 andares da torre de elevador e mais um lance de escadas. Bem legal a vista da cidade lá do alto da torre. Destaque para o motorista do 39, que quando soube que éramos brasileiros, começou a cantar Fio Maravilha. Ele também conhecia o Muçum. Uma figuraça! 
A visitação a Coit Tower ocorre de 10h às 18h de maio a outubro e de 10h às 17h de novembro a abril.










Para quem adora a Golden Gate, além dos vários pontos em Sausalito mencionados no post anterior, a região do Fort Point é um paraíso. De lá se tem uma excelente vista da Golden Gate e de Alcatraz e o forte está aberto à visitação.





Um pouco antes de chegarmos ao Fort Point, paramos em um local bem bonito com um gramado de onde se tinha uma bela vista da Golden Gate. Muitas pessoas de bicicleta, correndo ou simplesmente descansando por lá.


Uma região também acessível preferencialmente de carro é o Golden Gate Park, um enorme parque onde estão localizados vários museus, parques, jardins, lagos, um anfiteatro, bem como espaços dedicados ao lazer.






Rodamos de carro até encontrar um local interessante para estacionar, que é perto do De Young Museum. Visitamos apenas Jardim Japonês, o Japanese Tea Garden, cujo ingresso custava US$ 8 e é muito bem cuidado.






Um programa também bem legal é ir de carro até Treasure Island, lugar onde não vai muito turista. De lá temos uma vista linda da Bay Bridge, Golden Gate, Alcatraz e do skyline de San Francisco.









Nos próximos posts comentaremos como foram os passeios até Alcatraz e o do pôr do sol. Nos vemos em breve!





Comentários

Postagens mais visitadas